19 de fevereiro de 2013

Cultura

“ A Bela Adormecida ” chega a Faro com o Russian Classical Ballet



“A Bela Adormecida” e “O Lago dos Cisnes” são os dois bailados, por acaso ambos com música do compositor russo, Pyotr IllichTchaikovsky, que fazem parte do reportório de qualquer Companhia de Bailado.
Tanto num como noutro o mundo da magia e do sonho atravessam todo o bailado criando uma atmosfera de encantamento, numa expressão máxima do Romantismo.

“A Bela Adormecida”, com história baseada no conto “La Belle au bois Dormant”, de Charles Perrault, desperta a magia dos contos de fadas. É um mundo encantado de castelos e florestas, maldições e fadas, onde somente o beijo do amor verdadeiro conseguirá desfazer o feitiço.
Baseado no conto “La Belle au bois Dormant”, de Charles Perrault, bem ao estilo francês do século XVIII, é considerado um dos bailados que maior interesse desperta no grande público.
Trata-se de uma obra que representa um grande desafio para os bailarinos, pelo lirismo e romantismo patentes na música com particular dificuldade para a interpretação da personagem principal Princesa Aurora, à qual é exigido um grande esforço académico simbolizado num estilo elegante e frágil.

A relação da música de Tchaikovsky com a coreografia de Marius Petipa é de tal forma perfeita que seria difícil imaginar outra leitura da partitura.

Por isso, música e coreografia numa simbiose genial fizeram com que esta peça fosse considerada a obra emblemática da dança clássica.

Nenhum comentário:

Postar um comentário