11 de fevereiro de 2013

« Portugal , o meu País doente , kiçã eskizofrénico? …

vivemos desde sempre com a ideia k o interior de Portugal se converteria , mais tarde ou mais cedo , num profundo deserto. ao longo de muitos anos fomo-nos habituando à ideia de ver partir novos e velhos nascidos nestas zonas mais longínkuas , isoladas e profundas. vêmo-los partir para outras paragens à procura das oportunidades k o seu própr...
io país lhes negou. nestas cidades , vilas e aldeias , da agricultura , da indústria , apenas ficam memórias doridas.
kem diria! um pais k recebeu e continua a receber milhões para combater as desigualdades regionais , um pais k construiu dez estádios para o Euro2004 , mas k keria construir doze , um país k sonha realizar jogos olímpicos e mundiais de futebol , um pais k ker o TGV e novos aeroportos , um país k tem alguns dos gestores mais bem pagos do mundo!
um país de vaidades , de políticos ambiciosos k passam da esfera governativa para os conselhos de administração de empresas privadas e vice-versa como kem troca de camisa.
será este o mesmo país onde pessoas têm fome? onde os governantes nos pedem paciência e sacrifício e nos asfixiam com impostos e nos pedem k paguemos ainda mais impostos em nome da consolidação do défice?
será este o mesmo país onde a clientela dos aparelhos políticos é grande e vive muito bem. este é , de facto , o país das assimetrias , sejam elas regionais , na distribuição da riqueza , no acesso a oportunidades , no acesso à saúde , à educação , enfim , às necessidades básicas k são constitucionalmente os direitos de um povo k encarnou durante 48 anos o fascismo.
há fome em Portugal e vai haver mais. O " negócio " , esse , vai de vento em popa para os conselhos de administração e accionistas das Galp´s das PT´s, para os Boys dos aparelhos partidários , para as fundações Berardos , Soares e Cª. mas nem tudo é mau! ao preço a k estão os combustíveis - eis k surge agora uma oportunidade de ouro para combater de vez a desertificação e a interioridade! é certo k a maioria de nós vive demasiado longe da fronteira para se poder abastecer de combustíveis em Espanha. nada mais fácil. aproveitemos a oportunidade e mudemo-nos para o interior. e se a coisa assim continuar , mudemo-nos definitivamente para Espanha , onde apesar da crise se consegue ter mais poder de compra e onde a kualidade de vida é superior.
Y VIVA ESPAÑA!!! …
 
luiz dias / Luigi Pirandelli / SirLobisomem

Nenhum comentário:

Postar um comentário