15 de fevereiro de 2013

Teatro

Gil Vicente e “ Alma ” no D.Maria II



Com dramaturgia de Pedro Sobrado e encenação de Nuno Carinhas, “Alma” sobe à cena na Sala Garrett a 21 de Fevereiro, num texto criado a partir do “Auto da Alma” de Gil Vicente.

Tal como na peça do pai do Teatro Português, este texto propõe uma viagem pela vida que no seu percurso tem obstáculos, desvios, percursos interrompidos, descobertas e provações.

Alma tem, no seu percurso a companhia de um Anjo e de um Diabo que a vão ajudando e negando ajuda alternadamente.

Tal com em GilVicente temos uma "Alma caminheira”, alegoria de toda a espécie humana.

Leonor Salgueiro desempenha o papel de Alma, e do elenco fazem parte Alberto Magassela, Fernando Moreira, Fernando Soares, João Castro, Jorge Mota, Miguel Loureiro, Paulo Freixinho e Paulo Moura Lopes.

Nuno Carinhas assina a dramaturgia com Pedro Sobrado sendo também responsável pelos figurinos da peça.
A cenografia é de Pedro Tudela, o desenho de luz de Nuno Meira e o desenho de som de Francisco Leal.

O espectáculo estará em cena até ao dia 3 de Março.

Nenhum comentário:

Postar um comentário